USB 4.0 - Finalmente definido e está quase a chegar

USB 4.0 - Finalmente definido e está quase a chegar

O USB foi, há alguns anos, escolhido como a interface de ligação de equipamentos. Tem evoluído ao longo do tempo com mudanças radicais em vários níveis. A forma mudou, os protocolos de comunicação também e até a velocidade de transferência foi melhorada.

Depois de vermos chegar novas propostas, eis que foi finalmente definido como será o USB 4.0 e a forma de ligação. Há novidades muito interessantes, mas a maior está mesmo nas velocidades que vai conseguir atingir.

 

 

O USB 4 tem as especificações definidas


Depois de vários meses de discussão, chegou finalmente o anúncio que muitos esperavam. O USB Implementers Forum revelou agora que as especificações técnicas do USB 4 foram definidas e terminadas. Isto abre caminho a muitas novidades que podem chegar em breve.

Na prática, significa que estas especificações vão agora ser entregues aos fabricantes. Estes vão posteriormente colocar as suas equipas a preparar a sua chegada ao mercado nos novos produtos que vão ser criados. Espera-se que no início de 2020 estejam no mercado.

 

Vai atingir velocidades iguais às do Thunderbolt


A maior novidade que saiu desta nova definição é mesmo a velocidade que o USB 4 poderá atingir. Está previsto que seja construído com duas vias e que estas atinjam os 40Gbps na transferência de dados. Assim, este novo standard equipara-se às velocidades do Thunderbolt 3 e duplica as do USB 3.2.

Terá uma interface de ligação igual ao USB 3, na medida em que suporta protocolos de dados e de vídeo. Isto virá igualmente reforçar a oferta no campo dos monitores, para além do HDMI que temos hoje. Não é ainda uma proposta para ligações vídeo muito aceite, mas está em crescimento.

 

Os fabricantes vão agora adotar esta interface


Outro papel que o USB 4 terá é o de unificar de forma final o Thunderbolt e o USB. A confusão por agora é grande, com uma interface similar, mas velocidades de transferências muito díspares.

Resta agora aos fabricantes adotarem o USB 4 e tornarem as suas ofertas já baseadas neste novo padrão. Para os consumidores a boa notícia é que estas novas ofertas vão ser compatíveis com a versão anterior e o Thunderbolt.